Marketing Sazonal: como usar datas comemorativas nas estratégias?

marketing_sazonal

O Marketing Sazonal é uma das estratégias mais eficazes para o mercado. Confira mais a seguir!

Você já notou em suas redes sociais algumas empresas publicando posts em homenagem a alguma data comemorativa? Essa é apenas uma estratégia comum do marketing sazonal, que explora as datas comemorativas para garantir presença digital e impulsionar vendas!

Algumas marcas, inclusive, começam muitos meses antes o seu planejamento para estas datas. E o que podemos notar é que essas estratégias acabam realmente tendo resultado, visto o aumento significativo do faturamento das empresas nestes períodos.

Pensando nisso, vim trazer aqui para você algumas ideias relevantes para se começar a trabalhar com essa estratégia e ajudar a divulgar ainda mais o seu negócio. Confira comigo:

O que é marketing sazonal?

Basicamente, são ações estratégicas para se conseguir ainda mais clientes e, assim, conseguir bons resultados financeiros. Entretanto, as ações do marketing sazonal são, além de temporárias, especificamente relacionadas às datas comemorativas.

Inclusive, os empreendedores do meio digital estão cada vez mais se adequando a essas estratégias. Porém, é necessário ficar atento a outros pontos, além das campanhas de divulgação.

Calendário de Datas Comemorativas

Para uma campanha de data comemorativa realmente dar certo, é necessário bastante planejamento. As campanhas do Natal jamais devem começar a serem pensadas em dezembro, por exemplo, mas meses antes.

Primeiramente, você deve rastrear quais são as datas mais relevantes para o seu negócio e depois começar a pensar nas estratégias. É importante reforçar aqui que é necessário iniciar esse projeto com tempo hábil para qualquer mudança de planos.

Claro que, algumas datas, como Natal e Dia das Mães, são conhecidas nas estratégias de marketing sazonal. Mas, você certamente encontrará alguma específica para o seu nicho e poderá fazer bom uso dessa data comemorativa, assim como as mais óbvias. Não esqueça também de que ela deve ter relação com o seu público, ok?

Ações de marketing

Uma dica interessante para adicionar às suas ações sazonais é a criação de produtos limitados e exclusivos para a data. Mas, quem trabalha com produto digital, pode também oferecer bônus temáticos ou promoções.

O legal é adaptar todo o seu design com a campanha em questão, seja no seu site, nas suas redes, nos seus e-mails, etc. Tudo para impactar o consumidor de uma forma positiva e se destacar dos concorrentes.

Com o passar dos anos, você vai avaliando as suas campanhas e descobrindo as que mais valem a pena investir. O segredo é continuar naquilo que deu certo e rever aquilo que não foi tão eficaz.

Para finalizar, lembre-se que faltam alguns meses para a Black Friday! Este é o momento ideal para começar a pensar em toda a sua campanha. E, este evento vem se fortalecendo no mundo todo como uma grande data para o marketing sazonal.

De acordo com os dados coletados pela Ebit/Nielsen, o faturamento do varejo digital de nosso país em 2019 foi de R$ 3,2 bilhões entre a quinta e a sexta-feira da Black Friday, sendo este número um aumento de 23,6% se comparado ao ano anterior. Relevante, não é mesmo?

E, se você estiver precisando conversar a respeito das melhores estratégias de marketing sazonal para a sua empresa, converse comigo! Até o próximo artigo!

Como usar o TikTok em sua estratégia de Marketing Digital

TikTok

Os profissionais de marketing digital precisam constantemente se atualizar sobre as novidades do mercado e o TikTok é uma delas.

Essa rede social já mostrava sinais de se tornar uma febre mundial no fim de 2019, quando se tornou a quarta maior rede social do mundo em número de usuários e o terceiro aplicativo mais baixado tanto na App Store quanto na Google Play Store. O isolamento social decorrente da pandemia da COVID-19 deu um boom para o aplicativo. Por isso, vamos entender como ele funciona e como é possível usar o TikTok na estratégia de marketing digital.

O que é o TikTok?

Para saber se vale a pena investir no TikTok na sua estratégia de marketing, primeiro precisamos entender o aplicativo. O TikTok App é uma plataforma de vídeos curtos, lançada em 2016 na China, disponível para Android e iOS. Através dele os usuários podem criar e editar diretamente no aplicativo vídeos de até 15 segundos (ou uma sequência de 60) ou fazer o upload de arquivos editados fora do app. Dentro do TikTok, o usuário tem à sua disposição uma variedade de filtros e músicas.

Em 2018, o aplicativo também chinês Musical.ly, que permitia aos usuários cantar músicas “ao lado” de cantores famosos   — a tela era dividida ao meio, de um lado uma gravação do cantor cantando trechos da canção e do outro o vídeo do usuário, de forma que eles faziam um dueto — ficou extremamente popular e foi incorporado ao TikTok, contribuindo para sua popularidade.

Como usar o TikTok no marketing do meu negócio?

Os números são impressionantes. No final de março, o TikTok foi o segundo app mais baixado na web e apenas na Google Play Store teve 1 bilhão de downloads. Os dados oficiais do Brasil ainda não foram divulgados, mas estima-se que mais de 7 milhões de brasileiros estejam no aplicativo. O sucesso em nosso país é visível com a entrada de diversas celebridades e pessoas influentes e nos diversos vídeos que se tornam virais inclusive nas outras redes, depois de fazerem sucesso no TikTok.

Mas antes de investir nessa rede social, é importante considerar alguns pontos.

O público do TikTok

Primeiramente, o público do aplicativo está majoritariamente na faixa etária entre 16 e 24 anos. Este é o seu público alvo? Se sim, investir no TikTok pode ser extremamente eficaz para se aproximar do seu consumidor. Se não, é provável que você não encontre o seu cliente nesta rede. É claro que, com o tempo e com a inscrição de novos usuários, esse cenário pode mudar.

Outro ponto é que o aplicativo ainda não é de uso massivo Brasil, mas sua popularidade vem aumentando de forma exponencial nos últimos meses. A presença da sua marca no TikTok pode te colocar à frente da concorrência.

O TikTok possui uma segmentação extremamente eficaz

Ainda pensando no público, algo muito positivo no TikTok é sua inteligência artificial que faz com que o conteúdo que chega ao usuário seja extremamente segmentado de acordo com os interesses e com o que ele se engaja na rede.

A forma como ele funciona, mostrando um vídeo atrás do outro, também aumenta essa interação com o conteúdo. Segundo o Bussiness of Apps, os usuários passam 50 minutos por dia no aplicativo.

O que postar no TikTok?

De forma geral, o TikTok tem uma veia humorística e descontraída. Os vídeos que viralizam são de humor, dublagem de música e de hashtag challenges – geralmente ao som de músicas do momento, inclusive esses desafios ajudaram no desempenho de hits como Say So da Doja Cat e Dance Monkey de Tones and I.

Por isso, se sua empresa tem um tom mais formal e sério, é mais difícil encontrar reverberação no TikTok. Porém, existem perfis que produzem conteúdos mais sérios, como dicas de aprendizado, e que apresentam bom engajamento. Afinal, quando falamos de redes sociais nada é definitivo, o próprio Instagram surgiu como uma rede para fotógrafos profissionais compartilharem seu trabalho, objetivo que foi se adequando até chegar à proposta atual.

Marcas como Guess e Calvin Klein já lançaram campanhas de hashtag challenges no TikTok e tiveram ótima repercussão. A hashtag #InMyDenim da Guess estimulava que usuários compartilhassem looks e teve 37 milhões de visualizações.

Portanto, se for criar conteúdo para sua empresa no TikTok explore as hashtags, pense em criar um challenge, poste vídeos do dia a dia da empresa, de demonstrações rápidas do produto, etc.

Assim como nas outras redes sociais, também é possível anunciar através de influenciadores. Segundo pesquisa da Infobase Interativa, 72% dos usuários do app seguem influenciadores e 50% confiam na recomendação dessas personalidades.

De olho no sucesso, foi criado o TikTok Ads. Apesar de não estar em português, é possível usá-lo, porém a criação da conta não é aprovada automaticamente. No Brasil, o acesso ainda é restrito, mas a tendência é que se torne uma ferramenta mais acessível conforme o aplicativo populariza-se por aqui.

O TikTok é uma forma de engajar seus clientes e construir uma relação mais próxima.

A chave do TikTok, com vídeos descontraídos e curtos, é a dinâmica e proximidade com os usuários. Muito se fala da tendência de desglamourazição das redes sociais, o público está cansando da imagem super produzida e dos feeds extremamente organizado do Instagram, e o TikTok é um meio que surge neste contexto de humanização.

O consumidor atual cada vez mais busca ter uma relação próxima com as marcas e quer se identificar com o propósito daquilo que consome, por isso, o TikTok se apresenta como um novo canal com grande potencial para o branding das empresas, seja com conteúdo próprio ou através de influenciadores.

Explore o TikTok e analise sua estratégia de negócios atual: sua persona, seus objetivos, seu propósito; se eles casam com o aplicativo, comece a postar!

Vídeo de YouTube.com/projetualcomunicacao. Inscreva-se!

03 Dicas para conquistar Clientes no LinkedIn

dicas_linkedin

Em um primeiro momento você pode pensar que o LinkedIn é mais uma daquelas redes sociais que não vingaram e sobrevivem de poucos usuários. Apesar de não aparecer na lista “top 5” de redes sociais mais usadas do mundo, o LinkedIn possui a fidelidade dos seus usuários e alta confiabilidade no nicho profissional, afinal, já são quase 20 anos no ar.

Mas há dados muito animadores que com certeza farão você pensar com carinho na rede social. Atualmente existem mais de 50 milhões de empresas cadastradas na plataforma. Outro dado curioso é que aproximadamente 92% de organizações da Fortune 500 estão no LinkedIn.

Com isso você pode observar que há um grande movimento de marcas e empresas apostando na rede social de negócios.  Isso significa que há muito potencial para conquistar clientes no LinkedIn, eu mesma já consegui fazer bons negócios! 🙂 E é sobre isso que eu vou falar na publicação de hoje.

Por que usar o LinkedIn?

Para que você possa entender melhor do que eu estou falando, resolvi apontar alguns fatores interessantes sobre a rede social, além dos que você já viu acima. Dessa vez, o foco está nos usuários, o que talvez ajude você na decisão de inserir sua marca na plataforma, olha só:

  • A companhia voltada para relacionamento profissional e negócios já ultrapassou a marca dos 690 milhões de usuários em todo o mundo.
  • Por trás da companhia há uma gigante da tecnologia: a Microsoft comprou o LinkedIn em 2016 pela singela quantia de US$ 26,2 bilhões.
  • Só no Brasil são mais de 43 milhões de pessoas utilizando a rede social
  • De acordo com uma pesquisa da Hubspot, o Linkedin pode ser até 277% mais eficaz na captação de leads do que Facebook ou Twitter

Deu pra sentir um pouco o poder da rede social de negócios? Com tanto potencial e estratégias que funcionam, sua empresa pode dar um grande passo na conquista de clientes no LinkedIn.  Então sem mais delongas, vamos às oportunidades!

Vem entender melhor a Rede Social Profissional!

DICAS PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES NO LINKEDIN

Crie e alimente uma Company Page

A company page nada mais é do que um perfil dedicado à empresas dentro da plataforma. Isso permite ao usuário diferenciar quando é uma pessoa física e quando é uma organização, bem semelhante ao que ocorre no Facebook com as páginas.

Criar uma company page é o primeiro passo para que você possa atrair mais clientes no LinkedIn, é lá onde você terá a oportunidade de exibir os seus produtos ou serviços e interagir com o público.

 Mas a página por si só não vai ser responsável pela conquista de novos públicos, cabendo a você a missão de alimentar de forma atrativa o conteúdo da página. Por isso, a dica é: não se limite apenas a textos! aproveite a oportunidade para compartilhar também:

  • e-books
  • podcasts
  • materiais exclusivos e gratuitos
  • ferramentas
  • enquetes
  • blogposts

Quanto mais diversificado e atrativo for a sua produção de conteúdo na company page, mais chance você tem de atrair seu público-alvo.

Showcase

Showcase page é a alternativa do LinkedIn para que a sua empresa possa focar em produtos, serviços ou marcas específicas para apresentar aos clientes, funcionando como uma vitrine. Isso é extremamente relevante para organizações que possuem em seu portfólio uma grande variedade de produtos.

Imagine uma grande companhia fabricante de chocolate, que em seu portfólio apresenta inúmeras marcas. Ficaria difícil conciliar todas as informações, divulgações e novidades apenas na Company Page, certo? Com isso, a organização pode optar em criar uma showcase page para a marca x, y ou z, onde os usuários poderão acompanhar as atualizações específicas, sem deixar de seguir a company page principal.

Dessa forma você consegue manter atrelado à sua organização diferentes públicos para diferentes perfis de produto. E aqui a dica é a mesma do tópico anterior: invista em conteúdo! Criar uma showcase e deixá-la abandonada pode ser um erro.

Saiba mais como usar as Showcase Pages no LinkedIn

Anúncios segmentados

Assim como as demais redes sociais, empresas também podem anunciar dentro do LinkedIn, em diferentes formatos. O valor costuma ser um pouco maior em relação ao Facebook ou Twitter, por exemplo, mas como você viu acima, as chances de capturar leads qualificados para o seu negócio são maiores.

E com os anúncios do LinkedIn você pode conquistar mais clientes, aumentar o número de visitas ao seu site ou simplesmente promover maior engajamento entre usuário e a sua marca, por exemplo. Os 3 principais tipos de anúncio são:

Text Ads: anúncios simples em formato de texto, como o nome sugere. Pode ou não acompanhar uma pequena imagem, como logo da empresa, por exemplo. São exibidos no banner superior ou na barra lateral direita do LinkedIn. Também aparecem em dispositivos móveis.

Sponsored Content: esses anúncios se assemelham aos do Facebook, onde a organização paga para que o conteúdo seja exibido no feed do usuário dentro da plataforma. Com isso, as chances são maiores de alguma interação. Também é mais dinâmico os formatos de anúncios, que podem ser imagem, link ou vídeo, por exemplo.

Sponsored InMail (Messaging): esse talvez seja o grande diferencial dos anúncios do LinkedIn. O anúncio sponsored messaging permite que a marca envie seus conteúdos diretamente na caixa de entrada dos usuários, em formato de mensagem. Elas possuem uma grande taxa de abertura e podem funcionar muito mais para conquistar novos clientes.

Novidade de abril de 2020, primeiro no Brasil: LinkedIn Stories

Viu só? Com algumas dicas rápidas e simples você consegue estruturar uma boa administração da sua marca dentro dessa poderosa rede de negócios. Continue acompanhando o blog para mais dicas, notícias e curiosidades.

Ações para sua pequena empresa fazer um trabalho ‘de gente GRANDE’ no ambiente digital

empresa pequena trabalho grande

Eu sei que pode parecer impossível competir com grandes players de mercado quando o assunto é marketing digital. Afinal, grandes empresas possuem gigantescos setores de marketing e uma verba milionária.

Mas a verdade é que se você realmente estiver disposto a conhecer o seu cliente, o seu mercado e o seu próprio negócio, você pode executar algumas ações no ambiente online que trarão muita autoridade e credibilidade para a sua marca.

É justamente sobre essa ações que eu quero apresentar para você hoje. Vamos lá?

Ações de Marketing Digital para Pequenas Empresas

As dicas que você verá a seguir não são exclusividade de pequenas empresas, afinal, já são práticas bastante conhecidas no mercado. Entretanto, é comum observar que muitas empresas ainda em crescimento julgam não ser capaz de executar determinadas atividades no ambiente online, ou então a insegurança acaba fazendo com que a ideia seja descartada.

Por outro lado, há a questão do investimento, e pequenas empresas muitas vezes não conseguem investir o suficiente para obter bons retornos.

Mas a boa notícia é que há ações bem acessíveis para o marketing digital de pequenas empresas. Então prepare-se para anotar as dicas abaixo e… mão na massa!

Crie um Blog para sua Empresa

O blog para pequenas empresas talvez seja um dos elementos de maior importância e que menos exigem da gestão empresarial. Digo que menos exige porque basta a vontade para dar o pontapé inicial nas publicações, onde você mesmo pode começar a criar os conteúdos para a sua marca, sem pagar nada. 🙂

É claro que se você tiver a oportunidade de trabalhar com um volume maior de publicações e pensar em estratégias exclusivas para esse canal, seus resultados poderão ser melhores e mais rápidos – e você talvez precise de mais gente.

Mas, para começar, os artigos podem ser escritos por você mesmo, levando em consideração as boas práticas de SEO, que você pode verificar aqui, sem esquecer também da profundidade do assunto. Busque escrever artigos que realmente atendam as necessidades do seu público e que possam de alguma forma auxiliar seus clientes.

Se você não quer pagar para ter um blog bem construído, pode optar por opções mais em conta ou então free, como o Blogger, Wix, Tumblr e afins. 

Você também pode gostar de ler:

Posicionamento na web: o que sua empresa NÃO deve fazer

SEO para negócios locais: um importante aliado na sua estratégia de marketing

Ofereça Infográficos

Muita gente menospreza o valor dos infográficos nas estratégias de marketing. Entretanto, eles são uma das formas mais atraentes de conquistar novos visitantes no seu site ou então fazer com que você consiga bons compartilhamentos.

Com o olhar para os dados que só você tem do seu negócio e mais algumas observações e pesquisas de mercado, você pode elaborar um infográfico para apresentar tendências, curiosidades e muito mais.

Assim como o conteúdo do blog, o infográfico também deve ser atrativo, tanto com relação ao conteúdo como ao design. Para que você possa experimentar ou tentar sua primeira experiência de infográfico, pode usar ferramentas como o Canva, por exemplo.

Faça Sorteios

Seja para conquistar novos clientes ou apenas para gerar divulgação de marca, os sorteios possuem grande potencial de exibir a sua empresa para o maior número de pessoas possível, principalmente quando se trata de algum produto grátis.

Tente sempre oferecer algo que está diretamente ligado ao seu negócio, de preferência algum produto ou serviço seu, ou então algum cupom de desconto, kit, enfim, algo que as pessoas identifiquem a sua marca mesmo após o sorteio.

Vamos supor que você possui uma loja de roupas mas optou por sortear um cartão presente da Netflix: pouco tempo após o sorteio ninguém irá relacionar com a sua marca.

Ah, lembre-se de verificar certinho quais são as regras e regulamentos de sorteios na sua localidade.

Apresente um Webinar

O webinar é uma ótima forma de atrair novos leads para o seu negócio, principalmente se for no segmento b2b. Boa parte das apresentações está relacionada com tópicos do tipo “como fazer”, ou seja, uma apresentação online que traz conteúdo útil para alguém, ensinando algo.

A prática mais usual é trabalhar com webinars agendados, assim as pessoas interessadas podem criar certa expectativa pelo seu conteúdo, o que te permite também mais tempo para divulgar sua futura ação.

Se você está começando, pode usar ferramentas de webinar gratuitas, como o Google Hangouts ou até mesmo o YouTube.

Distribua um e-Book

Se você pretende posicionar a sua empresa ou marca como especialista em algum assunto ou segmento, o e-book talvez seja uma das melhores opções.

Crie um material relevante para o segmento, ou aposte em guias e tutoriais de “como fazer” que sejam atrativos para o mercado em que você atua.

Disponibilize o e-book gratuitamente em seu site e não esqueça de divulgá-lo em todos os seus canais.

eBook LinkedIn

Gostou das dicas de hoje? Com algumas ações bem planejadas você pode conquistar espaço nesse tão disputado lugar chamado internet. Continue acompanhando meu blog para mais dicas e curiosidades sobre o universo online.

Comprar seguidores no Instagram pode ser pior do que você pensa

nao comprar seguidores no Instagram

Comprar seguidores no Insta?

Ganhar 5.000 seguidores durante a noite não é novidade no Instagram. Um clássico, pode-se dizer. São os chamados falsos seguidores ou, melhor dizendo, os bots programados para isso. Eles fazem a sua conta parecer mais atraente por ter tantos seguidores – embora não seja bom para a sua marca. 

Talvez você não saiba, mas ao comprar seguidores no Instagram, você estará prejudicando não apenas a sua marca, mas também a segurança dos fãs reais. Isso porque você acaba dando margem para bots terem acesso à sua lista de contatos e distribuirem spams livremente aos seus seguidores.

É importante lembrar também que a forma de obter esses “fãs de mentira” pode trazer vírus e, consequentemente, roubo de dados coletados da sua conta e dos seus seguidores verdadeiros.

Quem é o responsável: empresas ou influenciadores?

As empresas lucram com esta atividade de programação de robôs que imitam o comportamento humano. Os sites para comprar seguidores têm fazendas de bots, que são criadas em grandes quantidades e os mantêm ativos para que passem despercebidos aos olhos do algoritmo. A partir da plataforma, que os usuários utilizam esses robôs é um grande problema, pois diminui a credibilidade e o valor de uma marca. 

Sobre a questão do aumento de seguidores, em qual parte da sua estratégia a compra de seguidores vai ajudar no seus objetivos? Pense nisso!

Por que comprar seguidores no Insta pode te prejudicar

Além de gerar spam aos seus seguidores e expor informações confidenciais nós também listamos outras 5 razões para NÃO comprar seguidores:

  1. Reduz a sua taxa de engajamento
  2. Não agrega em vendas, afinal bots não compram nada
  3. Seus posts não atingem o público alvo
  4. Prejudica a imagem da empresa
  5. Você quer que robôs conheçam a sua marca ou pessoas reais?

Como aumentar a qualidade das visualizações?

Estas são as 5 dicas mais importantes que podem beneficiar todos aqueles influenciadores que querem evitar a visualização de spam:

  1. Direcione seu conteúdo para um público específico e use anúncios se você tiver o orçamento.
  2. Planeje seu conteúdo: Considere quais imagens funcionam no Instagram e do que seu público-alvo gosta. 
  3. Agende suas publicações em horários e dias-chave; atente-se ao melhor momento. Se você não sabe, use as estatísticas do Instagram, elas certamente lhe darão uma idéia!
  4. Seja pró-ativo. Interaja com os seus seguidores ou com outros que ainda não o estejam a seguir. Fale e interaja! 
  5. Inclua conteúdo interativo. Por exemplo, pesquisas ou perguntas onde todos podem participar. Outras ideias são concursos ou sorteios, pois são uma maneira divertida de recompensar seus seguidores e, ao mesmo tempo, aumentar a viralidade da sua marca.

.

.

.

.

.

Este é um Guest Post.
O artigo foi escrito pela equipe da rankingCoach