Que tal conhecer o poder do marketing digital com uma mentoria GRATUITA?

Você que é empreendedor ou empreendedora já parou para pensar no potencial que o marketing digital tem para impulsionar o crescimento do seu negócio? Em um mundo cada vez mais conectado, estar presente online não é mais uma opção. Mas sim uma necessidade para alcançar e engajar seu público-alvo. Então que tal conhecer o poder do marketing digital com uma mentoria GRATUITA?

Imagine sua empresa sendo encontrada por clientes em potencial a qualquer hora do dia, em qualquer lugar do mundo. Imagine construir relacionamentos duradouros com sua audiência e converter essas conexões em vendas reais. Tudo isso é possível com o marketing digital. E eu, Milena Mancini, estou aqui para ajudá-lo a alcançar esses objetivos.

Sou especialista em marketing digital e diretora da Projetual Comunicação. E estou comprometida em ajudar empreendedores como você. Vamos juntos aproveitar ao máximo as oportunidades oferecidas pelo mundo online. É por isso que estou oferecendo uma hora de mentoria gratuita pra você! Nela poderei compartilhar insights personalizados e estratégias eficazes para alavancar o seu negócio através do marketing digital.

Que tal conhecer o poder do marketing digital com uma mentoria GRATUITA?

Uma hora de mentoria online gratuita! 

Não perca essa oportunidade única de dar um salto em direção ao sucesso do seu negócio. Agende agora mesmo sua hora de mentoria gratuita! E dê o primeiro passo rumo a uma presença digital poderosa e resultados concretos. Que tal conhecer o poder do marketing digital com uma mentoria GRATUITA?

Estou ansiosa para ajudá-lo a alcançar seus objetivos de marketing digital. Vamos juntos ver o seu negócio prosperar online.

Clique no botão abaixo para agendar sua sessão gratuita. Mas corra, as vagas são limitadas!

Se você quiser saber mais sobre meu trabalho, clique AQUI.

Neuromarketing: a ética na neurociência aplicada ao marketing

Neuromarketing: aspectos éticos da neurociência aplicada ao marketing

Se toda mudança ou inovação, por si só, já tende a causar algum desconforto, no caso das tecnologias pode ser ainda pior: muitas causam medo ou até alarmismo. No artigo de hoje falo sobre o neuromarketing e sobre a ética da neurociência aplicada ao marketing.

A ética no neuromarketing

Seria por desconhecimento do que realmente são e para que servem que muitos se sentem desconfortáveis diante de novas tecnologias? Ou seria um receio advindo de experiências passadas – aprendizados como a aplicação das descobertas de Marie Curie como vemos no longa ‘Radioactive‘ da Netflix, por exemplo? 

No caso da neurociência – que pode ser aqui sintetizada como o estudo do sistema nervoso e suas funcionalidades -, vemos alguns debates quando falamos nos limites da ética da neurociência aplicada ao marketing. 

As principais críticas se referem ao neuromarketing como um conjunto de técnicas que induzem comportamentos ligados ao consumo, em suma, com a famigerada disseminação do conceito de “gatilhos mentais” como sendo uma das principais técnicas de neuromarketing. O termo acabou por se popularizar como se o cérebro – e o próprio comportamento humano – fosse tão simplista que pequenos textos, ou um agrupamento de palavras de “escrita persuasiva”, pudesse sozinho induzir a uma ação imediata e impulsiva, de modo quase generalizado e automático.

O neuromarketing como uma “multidisciplina”

Contudo, prefiro entender o neuromarketing como uma multidisciplina, que une conhecimentos da neurociência com psicologia e biologia. Pois, como diz o professor Pedro de Camargo, autor e especialista no tema, “somos afinal seres biológicos. E temos um cérebro velho em um mundo novo”.

Em suma, isso significa que podemos sim entender alguns padrões dos seres humanos, inclusive relacionados ao consumo. E entendendo as preferências humanas, podemos adequar nosso ambiente de loja, nossos produtos ou serviços e nossas próprias peças de comunicação, para que, em suma, se tornem mais agradáveis ao público com o qual a marca pretende se relacionar.

Por isso, aqui temos a venda como a consequência de um processo, com uma jornada de consumo mais agradável para ambas as partes. Entendo, portanto, que embora precisemos sim discutir os aspectos éticos que o envolvem, o neuromarketing trabalha para descobrir padrões cerebrais e emocionais cuja sintonia possa produzir uma experiência de compra memorável.

Se, por um lado, ainda não podemos prever até onde o estudo do cérebro vai nos levar, por outro prefiro acreditar que um melhor entendimento do comportamento humano está à serviço dos consumidores e não ao contrário. Pois, como diz Seth Godin, “Os profissionais de marketing não usam consumidores para resolver o problema das empresas. Eles usam o marketing para resolver o problema de outras pessoas.”

Quer saber mais e entender como aplicar o neuromarketing em suas campanhas? Clique aqui e entre em contato com a minha equipe.

============================================================

Fontes de referência:

CAMARGO, Pedro de. Neuromarketing: a nova pesquisa de comportamento do consumidor. Editora Atlas.

GAULIA, Luis Antônio. Neuromarketing: a essência do comportamento. Descomplica Digital.

GODIN, Seth. Isso é Marketing: para ser visto é preciso aprender a enxergar. Alta Books.

RADIOACTIVE. Netflix. Assistido em 2021.

NEUROCIÊNCIA. Wikipedia. https://pt.wikipedia.org/wiki/Neuroci%C3%AAncia   Acessado em 31 de agosto de 2023.

O que é Marketing de Oportunidade?

o que é marketing de oportunidade

Você sabe o que é Marketing de Oportunidade? Com certeza você já viu anúncios de promoções de Natal, Dia das Crianças, Dia das Mães ou dos Pais, não é mesmo? Ou promoções durante a Copa do Mundo. Lembra quando o filme Barbie foi lançado? Todas as lojas tinham produtos cor de rosa em alusão ao filme para vender mais. Ou o meme do Bruno Mars no Brasil, utilizado por 11 entre 10 perfis de público jovem?

Pois tudo isso é marketing de oportunidade! No artigo de hoje vamos falar desta estratégia que é usada há muito tempo no mundo da publicidade e que vem ganhando cada vez mais destaque por conta da explosão das redes sociais. Você vai saber ainda como aproveitar para “surfar na onda” das oportunidades para alavancar suas vendas.

Vamos lá?

Como o Marketing de Oportunidade opera?

Quando uma loja ou marca aproveita uma data ou acontecimento do momento para fazer sua publicidade, ela está fazendo Marketing de Oportunidade.

Contudo, ao contrário do que muitos pensam, essa estratégia não aproveita somente datas comemorativas em que as pessoas costumam fazer compras ou dar presentes. O Marketing de Oportunidade se vale de muitas outras… bom… oportunidades.

Olha só:

  • Datas especiais
  • Acontecimentos do momento
  • Assuntos em alta
  • Memes
  • Resposta para ações da concorrência

Quando um restaurante cria uma promoção para “responder” outra feita por um concorrente, quando uma marca aproveita a popularidade de uma série para vender seus produtos, quando uma empresa quer aumentar as vendas de um alimento que um médico falou na TV que faz bem: em suma, tudo isso é Marketing de Oportunidade.

Em bom potuguês, é aproveitar uma oportunidade para fazer o seu marketing.

Atrelando seu produto ou sua marca a um acontecimento do momento, você abre uma oportunidade a mais para seu negócio, pois muitos destes momentos acabam levando o consumidor a comprar mais.

O Marketing de Oportunidade sempre funciona?

Agora você deve estar se perguntando: então se eu fizer uma promoção de Natal no Natal vou vender mais?

Em teoria, sim. Afinal, Natal é o momento de maior movimento no comércio brasileiro e, aproveitar a época para fazer seu Marketing de Oportunidade é quase um tiro certo.

Mas você precisa estar atento! Nem toda oportunidade serve para o seu negócio e não é somente por causa do Natal que você vai vender mais. Se você tem como público consumidor pessoas jovens e antenadas, um meme ou uma publicidade que converse com aquela banda que estourou pode ser uma boa. Contudo, se o seu público é mais velho ou mais sério, talvez você deva encontrar a sua oportunidade em outro lugar. Numa notícia quente relacionada ao seu mercado, talvez.

Tudo é uma questão de encontrar a sua oportunidade e falar a língua do seu público.

Durante o lançamento do filme da Barbie, por exemplo, muitas empresas usaram e abusaram do cor de rosa para vender seus produtos. Nem todas estavam aproveitando a oportunidade da maneira certa. O mesmo aconteceu com o meme do cantor Bruno Mars no Brasil: acabou vendendo de tudo. Lembra na época da Copa do Mundo? Todos os produtos imagináveis ganharam sua versão verde e amarelo. Nem todos souberam usar estas oportunidades e, consequentemente, nem todos tiraram o máximo proveito delas.

O que fazer para aproveitar a oportunidade?

Assim como em outras estratégias de marketing, saber o que você está fazendo é o mais importante. E aqui vão algumas dicas para você aproveitar a estratégia:

  • Conheça seu público
  • Esteja sempre antenado nos assuntos do momento
  • Direcione suas oportunidades e sua linguagem para seu público
  • Evite polêmicas (a não ser que este seja o posicionamento da sua marca)
  • Conte com uma equipe especializada

Uma estratégia de marketing, seja o Marketing de Oportunidade ou qualquer outra, requer estudo, conhecimento, monitoramento e agilidade.

Você precisa de uma equipe que trabalhe em conjunto com a sua marca para desenvolver mecanismos e materiais que conversem com seu público da maneira correta e evite desperdiçar oportunidades.

Se você quer desenvolver o Marketing de Oportunidade com a sua marca, entre em contato com a minha equipe. Nós somos especialistas em campanhas de marketing e de vendas e certamente vamos te ajudar a aproveitar todas as oportunidades que o marketing pode te oferecer.

Imagem: Freepik.com

Mentoria de marketing: por que ela é importante?

mentoria de marketing milena mancini

De maneira geral, a mentoria é um recurso que foca na orientação e no desenvolvimento profissional ou empresarial. Além disso, ela tem o objetivo de sanar dúvidas sobre uma área específica de atuação e de proporcionar uma troca de conhecimento.

Via de regra, é um encontro onde um mentor (com vasta experiência de mercado) divide a sua bagagem com um profissional que busca aprimorar seus conhecimentos para ter ascensão na carreira ou que necessita de orientação imediata para agregar melhorias a projetos pontuais. No caso das empresas, a busca por mentorias visa acelerar resultados de alguma área, departamento ou ação em andamento.

Mas você já sabe como uma mentoria de marketing funciona na prática? Já conhece as vantagens que ela pode agregar para a sua trajetória profissional ou para o seu negócio?

 Vem comigo que eu te explico.

Afinal, como funciona uma mentoria de marketing?

Como vimos, a mentoria funciona como uma troca, onde um indivíduo, com expertise, transmite seus conhecimentos e os mentorados têm espaço para questionar. No âmbito empresarial e de marketing, é um recurso que pode aumentar a competitividade de mercado, tornar a entrega de resultados mais satisfatória e auxiliar na identificação de possíveis obstáculos.

A princípio, a mentoria de marketing tem como objetivo apontar mudanças e sugerir estratégias para o crescimento gradativo do negócio. É uma ferramenta democrática, que pode ser usada por empresas já acostumadas com as técnicas de marketing e também por empreendimentos que ainda não tiveram contato com as ferramentas da área.

Em um encontro direcionado e individualizado, um mentor esclarece tópicos sobre o nicho de atuação, apresenta quais tendências podem ser aproveitadas, ajuda no direcionamento, produz o diagnóstico dos erros, faz apontamentos estratégicos e apresenta indicadores que podem otimizar os processos e, como consequência, tornar a reputação da empresa ou do mentorado mais sólida e assertiva perante o mercado e o público-alvo.

Quando procurar por uma mentoria de marketing?

A mentoria de marketing é útil para quem quer potencializar as habilidades ou deseja aprimorar demandas específicas que possam surgir durante a execução de algum trabalho.

Por exemplo, é indicada para: empresários que desejam implementar processos de marketing na sua organização, gestores de marketing que buscam aprimorar metodologias ou ações que já estão em curso ou, até mesmo, para aqueles que necessitam de uma análise sobre as estratégias já utilizadas até o momento.

Em síntese, a mentoria de marketing engloba os seguintes conceitos: diagnóstico, troca de conhecimento, aprendizagem, aconselhamento e orientação.

Mentoria de marketing: quais são os benefícios?

De fato, a mentoria de marketing traz vários benefícios, dentre eles: conhecimento do mercado, a oportunidade de ter contato com um profissional experiente, o esclarecimento sobre a execução de atividades profissionais, melhoria de estratégias, aumento de desempenho, entre outros exemplos.

Além disso, é um método que pode atualizar o mentorado sobre técnicas e ferramentas, facilitar a interação com outros profissionais da área e apresentar um panorama assertivo sobre o mercado. Ainda mais, ela traz dicas práticas para o profissional alcançar seus objetivos e o ajuda a entender as evoluções e as transformações da sua área de atuação.

Aliás, para saber mais sobre o processo de mentoria, eu recomendo que você assista o vídeo a seguir. Em poucos minutos, explico a metodologia da minha mentoria e como ela pode contribuir com o seu aperfeiçoamento profissional e as suas estratégias de marketing.

Conclusão

Por fim, se o assunto de hoje despertou o seu interesse, entre em contato e agende já o seu horário.

Minha mentoria pode dar suporte para profissionais da área e esclarecer dúvidas pontuais sobre as estratégias de marketing do seu negócio.

Não perca tempo! Acredite no seu potencial!

Você também pode clicar no link para saber um pouco mais sobre o meu trabalho como mentora: https://milenamancini.com.br/mentoria/

Por que a sua empresa deve apostar na estratégia omnichannel?

Definitivamente, nos dias de hoje, é crucial focar na experiência do usuário e agregar praticidade para o dia a dia do cliente. Em vista disso, uma iniciativa eficaz para aprimorar o relacionamento entre empresas e público-alvo é investir na estratégia omnichannel.

Em geral, o conceito omnichannel tem como objetivo garantir a melhor experiência de compra para os consumidores por meio de diferentes canais. Isto é, a intenção é estar em todos os meios de comunicação de maneira integrada (onde a prioridade é manter a mensagem sem alterações, independente do canal de origem). Por exemplo, uma mensagem ou ação de marketing disparada na internet, vai apresentar as mesmas informações que uma campanha visual ou impressa.

Mas, você conhece todas as vantagens que a estratégia omnichannel pode trazer para a sua empresa? Acompanhe o meu artigo desta semana e confira como esse conceito pode aprimorar, em especial, o atendimento e o setor de vendas do seu negócio. Não perca!

Afinal, o que é omnichannel?

Como vimos, a estratégia omnichannel faz a integração dos meios de comunicação que uma empresa utiliza para se conectar ao cliente. Com isso, busca promover uma abordagem diferenciada, pois consegue atender às demandas do público em diferentes canais (seja virtual, presencial, telefônico).

Além disso, permite que a sua empresa fortaleça o relacionamento com o consumidor, uma vez que traz eficiência, flexibilidade e possibilita que o atendimento seja realizado em diferentes plataformas. Como consequência, facilita a prospecção, as negociações e torna a jornada de compra mais assertiva e direcionada.

Em síntese, o conceito omnichannel pode otimizar a interação da sua empresa com o público-alvo, potencializar e agilizar os processos de venda e, inclusive, aumentar a satisfação do cliente.

Quais são as vantagens da estratégia omnichannel?

A seguir, confira os principais benefícios que a estratégia omnichannel pode trazer para diferentes setores da sua empresa.

Atendimento eficiente em diferentes formatos

Sem dúvidas, essa é uma das vantagens mais marcantes do omnichannel. Afinal de contas, ele permite que a sua empresa esteja presente nos canais de comunicação que são mais usados pelos clientes, tais como: e-mail, chat, telefone, aplicativos de mensagens, redes sociais e, até mesmo, o atendimento presencial.

Desse modo, apresenta ao cliente uma experiência contínua e fluida, além de aumentar o alcance e a visibilidade da sua marca.

Melhora a experiência do cliente

Ao integrar os canais de comunicação e oferecer possibilidades para o cliente, a estratégia omnichannel torna a comunicação mais descomplicada e agradável, pois diminui a incidência de ruídos, repetições e desvios de informação que possam impactar a trajetória de compra e o atendimento.

Ou seja, com o omnichannel, o consumidor consegue escolher o canal de contato de sua preferência, alternar as formas de interação e receber de maneira rápida respostas para sanar as suas dúvidas. Com isso, aumenta a satisfação e a empatia pela sua marca.

Aprimora a coleta de informações

Outra vantagem que a estratégia omnichannel proporciona é o aperfeiçoamento da coleta de informações. Ou seja, ela torna o processamento e a análise de dados mais ágil e, como consequência, deixa as negociações mais personalizadas, as campanhas de marketing mais direcionadas e a produção de conteúdo mais atrativa para o público.

Aliás, ela permite que a sua marca conheça o comportamento, o perfil de consumo, as preferências de compra do potencial cliente.

Aumenta a eficiência operacional

Por fim, outra vantagem da estratégia omnichannel é a eficácia na execução das atividades operacionais. Ou seja, ao centralizar e gerenciar todas as informações dos clientes, diminui a incidência de erros no setor de atendimento, vendas e marketing.

Isso porque todo o histórico de interações e dados de contato ficam disponíveis para consulta, o que evita repetições ou transferências que possam diminuir o interesse pela compra, comprometer a produtividade dos colaboradores ou prejudicar a gestão de tempo.

Conclusão

Com toda a certeza, as empresas que incorporam o conceito omnichannel às suas estratégias contam com um grande diferencial competitivo, pois conseguem armazenar informações valiosas para a continuidade do atendimento e da trajetória de compra. Além disso, essas empresas têm acesso a dados que podem tornar o conteúdo das campanhas de marketing mais relevantes e úteis para o público-alvo.

Se você deseja saber um pouco mais sobre o conceito omnichannel, entre em contato com a minha equipe e agende já a sua consultoria. Juntos iremos traçar metas desafiadoras que irão colocar a sua empresa no caminho do sucesso.

Não perca tempo! Acredite no seu potencial!

Fonte: Imagem – www.pexels.com