Novidades no Instagram: interface foca em vendas e no Reels

Alguns usuários foram surpreendidos com as novidades do Instagram. Surge, então, uma nova interface focada nos Reels – e em vendas!

A atualização já chegou para você? Pergunto porque já há um tempinho o Insta vem testando novas interfaces, e esta nova chegou pra mim um dia depois do lançamento oficial no Brasil, como noticiei aqui. Agora, portanto, temos definitivamente novidades no Instagram: um novo design foi definido, com grandes mudanças no layout da página principal – como não se via há algum tempo no app.

Um dos focos principais desta nova forma de mexer no Instagram é o uso do seu também novo recurso de vídeos curtos chamado Reels. Não bastava esta novidade, o Instagram também adicionou um novo espaço para gerar compras dentro da rede social.

Novidades no Instagram

A promessa era que a partir da última quinta-feira, dia 12 de novembro, todos os usuários poderiam já fazer uso desta nova interface. Então, acredito que seu Instagram já deve estar atualizado, mas em caso negativo não se preocupe: é normal que novos recursos e atualizações cheguem “em lotes”, e a gente nunca sabe quando será o próximo.

O Instagram é hoje uma das redes sociais mais acessadas em todo o globo. E, começou a fazer sucesso com o simples recurso de editar fotos. Agora, com 10 anos de existência, vem trazendo cada vez mais novidades.

Sendo assim, vamos conversar um pouquinho mais sobre essa atualização e as novidades no Instagram neste meu novo artigo. Acompanha comigo nas próximas linhas:

Uma nova interface

Agora, o ícone de criação de conteúdo, conhecido como um símbolo de “+” e que antes estava centralizado, fica no canto superior da tela. O “coração”, ícone do registro das atividades também aparece ao lado do ícone das Direct Messages.

Além disso, o Instagram trouxe novidades para a barra inferior. Lá, depois da atualização, é possível ter acesso ao feed, “à lupa” para explorar o aplicativo, ao Reels, ao perfil e pasmem: ao Shop, um espaço para compras e vendas dentro da própria plataforma.

Isto é, as novidades no Instagram trouxeram a aba Shop, uma aba que veio para proporcionar aos usuários a chance de encontrar aquilo que deseja comprar, comparar preços, e muito mais dentro do Instagram. Isto é, o usuário tem uma vitrine virtual inteirinha e totalmente personalizada para mostrar produtos das lojinhas que ele já segue.

Não só isso, mas o usuário também recebe recomendações de outros produtos que lhe é de interesse, de acordo com suas pesquisas e hashtags. O mais bacana disso tudo são os botões para “ver seleções do editor” com superdicas de uma incrível equipe de curadoria.

Para chegar até este resultado, a empresa testou em mais de 50 países várias interfaces até chegar a este novo modelo. A diretora de Operações do Instagram para América Latina, Adriana Grineberg, disse à Tilt que “Faz tempo que não fazemos mudanças tão significativas no app, mas estamos seguindo as tendências e priorizando o que as pessoas querem ver”.

Altas expectativas

A expectativa com as novidades no Instagram é que esta nova aba para os Reels garanta uma maior foco nas criações de conteúdo com este formato, trazendo um maior alcance de usuários para o perfil. Ou seja, esta é a melhor hora de começar a explorar este recurso!

Lembrando que o Reels surgiu em resposta ao sucesso do TikTok, um dos aplicativos mais baixados em 2020 e que possui praticamente a mesma função: criar vídeos curtos e interativos. E, a título de conhecimento, a empresa Facebook (dona do Instagram) até foi acusada de plágio.

Mas, será que o Reels conseguirá superar o sucesso do TikTok, a rede social queridinha do público jovem? O que você acha?

Gostou dessa nova atualização? Comente comigo a sua opinião! Ah, e não esquece de me seguir no Insta, né? 🙂 @milenamancinimarketing

Imagem por SocialBakers.

Leads: como definir corretamente um lead em minha estratégia?

leads

Saber o que são leads ajuda a organizar melhor a sua estratégia. Confira um pouco sobre seu conceito a seguir!

Certamente, se você está buscando por novas formas de captar clientes no meio digital, certamente já ouviu falar sobre leads, correto? Trata-se de um dos processos pertencentes ao funil de vendas do marketing, onde seus “talvez futuros clientes” vão sendo filtrados em cada etapa da jornada de compra.

Então, para sanar as suas dúvidas, resolvi resumir neste texto o real conceito do que são leads. Acompanhe comigo nas próximas linhas para mais informações.

Leads: o que isso significa?

Aqueles clientes em potencial, que refletem uma oportunidade de uma futura venda e que de alguma forma já demonstraram interesse no seu produto podem ser chamados de leads. Mas, como isso funciona no meio digital?

Simples! Leads são aquelas pessoas que baixaram o seu catálogo, que pediram orçamentos, que experimentaram o seu serviço e, em troca disso, deixaram alguma forma de contato. Dessa maneira, a empresa tem a oportunidade de ir mantendo um relacionamento até que ele decida comprar de você uma ou milhares de vezes.

Relacionamento

Basicamente, aqueles usuários que você consegue estabelecer alguma conexão, nos mais variados canais digitais, são os seus leads. Pessoas que chegaram até você por meio de outras estratégias, como marketing de conteúdo e SEO, e que agora podem ser selecionados a receber os seus conteúdos.

O Inbound Marketing fez com que esse termo ficasse bem conhecido ultimamente, e é uma ótima estratégia de relacionamento, inclusive. Com isso, você pode perceber quem são:

  • aquelas pessoas que talvez comprem seu produto;
  • aquelas que têm grande probabilidade de finalizar uma compra;
  • e aquelas que definitivamente não têm.

Estamos falando de uma prática chamada funil de marketing, que percebe a jornada de compra dos seus leads e filtram aqueles que podem ser seu cliente de fato. Assim, uma equipe de marketing eficiente consegue manter o contato com estes usuários, por meio de conteúdos, tira-dúvidas, entre outros, até que ele decida que o seu produto é realmente o que ele estava procurando e finalize a compra.

Lead, visitante ou prospect?

Para realmente saber como definir um lead é preciso entender que existem outros tipos de usuários que não são classificados como um. Por exemplo, o que é um visitante e o que são prospects? Será que é tudo a mesma coisa? Vamos conferir:

Visitantes

Aqueles usuários que, de alguma maneira, entraram em seu site, em suas redes sociais, ou etc., são os seus visitantes. Diferente dos leads, o visitante nem sempre tem interesse em seus produtos e serviços, mas acabou acessando o seu perfil.

Contudo, dentre os vários visitantes que podem ter diariamente em sua página, há uma pequena parcela que se interessam. E, são eles que nos interessam também.

Contato

Basicamente, se você tem o número de telefone da pessoa, um e-mail ou endereço, por exemplo, pode considerá-la como um contato. Contatos são toda e qualquer pessoa que está ao alcance da sua empresa, sendo ela presente em qualquer etapa do funil.

Prospect

Para considerar um usuário como prospect, ele precisa atender a alguns parâmetros. Isto é, quando o usuário necessita de uma abordagem de venda mais ativa, pois possui o exato perfil do cliente ideal e já está decidido sobre o que quer, consideramos que estamos lidando com um prospect.

Assim, a equipe de marketing entra em sinergia com a equipe de vendas e, caso a prospecção funcionar, teremos um novo cliente para você!

Conseguiu entender agora qual é o real significado do termo lead? Espero ter esclarecido da melhor maneira para você! Mas, se ficou com qualquer dúvida, entre em contato comigo!

6 maiores razões para você investir em Marketing Digital

marketing_digital_razoes_para_investir

Confira algumas razões para começar a investir em Marketing Digital e alavancar os resultados da sua empresa agora mesmo!

É incrivelmente significante o número de empresas que agregaram as estratégias de Marketing Digital em seus processos para alavancar resultados. Prova disso são as variadas empresas que já prestei consultoria, e que hoje estão percebendo como investir em Marketing Digital foi produtivo para eles.

Além das constantes mudanças causadas pela Transformação Digital, a pandemia também despertou interesse nas empresas em conquistarem o seu espaço na internet. Muitas empresas, inclusive, apostaram fielmente no marketing digital como uma saída para continuar ativo no mercado.

Sendo assim, podemos presumir que esta atitude será ainda mais constante no mundo corporativo, não é mesmo? Por isso, construí este texto para te convencer que o Marketing Digital pode ser uma ótima forma de trazer ainda mais clientes para a sua empresa. Confira a seguir 6 das milhares de razões para investir em Marketing Digital:

Conceito de Marketing Digital

Primeiro de tudo, é bom entender que marketing digital é a soma de variadas ações e informações criadas para veicular materiais nos meios digitais, tendo como principal objetivo divulgar a empresa, seus produtos e serviços. São inúmeras as possibilidades de se trabalhar com o digital.

Contudo, algumas ações são bem comuns para a maioria das empresas. Por exemplo, blogs, vídeos, posts de Facebook, posts de Instagram, newsletters, enfim… Tudo aquilo que você costuma ver na internet fazem parte dessas ações comprovadamente eficazes. Em outras palavras, o Marketing Digital utiliza estratégias de promoção que envolvem:

  • Redes Sociais;
  • E-mail Marketing;
  • Marketing de Conteúdo;
  • Estratégias de Conversão;
  • Marketing de Pesquisa.

Razões para investir em Marketing Digital

Agora vou te contar quais são as 6 mais valiosas razões para inserir o Marketing Digital nos seus planos de negócio. Acompanhe comigo:

#1 Ter presença online

Se perguntarmos para uma pessoa em qual buscador costuma realizar suas pesquisas, certamente, ela poderá responder que usa o Google.  São milhões de pessoas buscando respostas para suas dúvidas nesta plataforma.

Sendo assim, ter a chance de aparecer em meio a lista de resultados é de grande valor. Isso porque você estará atraindo a atenção dos usuários para a sua empresa ou marca no canal com grande volume de acessos. Além disso, esta prática diminui consideravelmente seu custo de aquisição de cliente.

Presença digital é essencial nos dias de hoje. Mas, isso vai além de estar no Google e de SEO. Na realidade, é bem importante pensar oferecer pelo menos um site com suas informações para os interessados. Afinal, é também muito frustrante para um cliente que busca pela sua empresa nas pesquisas perceber que você não está lá. E, vamos combinar que você não gostaria de perder esta oportunidade, não é mesmo?

#2 Construir relacionamentos

O quanto você é próximo de seus cliente hoje? Conhece quem são e quais seus hábitos de consumo? Conhecer o cliente é algo bem importante quando falamos de marketing digital. Pois as ações tenderão a oferecer à empresa a certeza que o seu material chegará às pessoas certas.

Claro que isso apenas depois de muita pesquisa de mercado e construção de personas. Contudo, com as estratégias digitais, sua empresa pode construir uma audiência, acumulando seguidores, por exemplo. Mas, o melhor disso tudo é que você estará divulgando para pessoas que realmente possuem intenção de comprar o seu produto.

Para trabalhar com uma audiência, você pode capturar seguidores nas redes sociais, assinantes da sua news e etc. Aqui, a estratégia se baseia em fisgar os usuários que compactuam com as suas ideias e poderiam realmente se tornar clientes.

#3 O lugar certo com o público certo

Não apenas construir um relacionamento com o cliente ideal, mas, no marketing digital, podemos influenciar a decisão de compra na hora certa. E, isso o distingue drasticamente do Marketing Offline.

Há tempos atrás, apenas a TV, o jornal e o rádio eram os canais possíveis de comunicação com a massa. Todos recebiam os mesmos conteúdos totalmente padronizados. Dessa maneira, ficava difícil de oferecer seu produto para a pessoa certa, sendo que não havia uma seleção específica.

Ao investir em Marketing Digital, a segmentação atinge um patamar muito mais certeiro no alcance do seu público. Hoje ainda existem ferramentas capazes de realizar diversas segmentações e garantir uma comunicação diferente para cada tipo de cliente. Com ações personalizadas, seus resultados podem ser incrivelmente melhores.

#4 Destacar-se no mercado

Como comentei anteriormente, muitas empresas ainda não migraram para o digital. Logo, tomar esta atitude te deixará na frente de muitos concorrentes que ainda não despertaram para o mundo virtual.

Existem milhares de formas de se destacar da concorrência utilizando os recursos online. Inclusive, em um dos meus artigos deste blog tratei exatamente sobre isso. Confira o post Práticas assertivas para se destacar da concorrência para conhecer algumas dicas bem interessantes para você.

#5 Melhor custo-benefício

Claro que Marketing Digital também precisa de investimento financeiro. Entretanto, com as inúmeras ferramentas e estratégias, é possível fazer um bom trabalho de maneira mais em conta.

No caso, comparando-se com o investimento em mídias offline, realmente acaba sendo a melhor opção de custo-benefício. Afinal, as mídias off são hoje de altíssimo valor agregado, e pode não ser tão eficiente para a sua empresa.

#6 Análise assertiva

Como conseguimos saber com assertividade quem é o seu consumidor e seus hábitos de compra, fica muito mais fácil de se obter informações deles. Um exemplo básico disso é o controle de quantos e-mails disparados foram abertos, quantos obtiveram cliques em links e, inclusive, quantos finalizaram a compra depois de receber a sua news.

Além disso, o Google Ads ainda permite uma análise completa e precisa do comportamento do seu target, como seus anúncios estão funcionando e até perceber se um post nas redes sociais teve bom resultado.

Acredito que com esses 6 motivos reais de se investir em Marketing Digital sua empresa comece agora mesmo a pensar nessa estratégia. Precisando de profissionais qualificados para alavancar seus resultados, é só falar comigo!

Marketing de Influência: por que apostar em influenciadores é essencial?

marketing de influencia

Apostar em Marketing de Influência hoje em dia é uma das mais proveitosas das estratégias de marketing. Confira o porquê!

Provavelmente você acompanha ou, pelo menos, já ouviu falar de algum influenciador digital, não é mesmo? E de marketing de influência, você já ouviu falar? Bem, trata-se de uma estratégia bastante comum nos últimos anos, tendo como foco a influência sobre a decisão do cliente.

Para isso, buscam-se pessoas capazes de influenciar clientes em potencial a favor da sua marca, despertando a confiança do público. Além disso, eles também agregam à imagem da marca aos olhos dos clientes.

Quer saber um pouco mais sobre essa estratégia que vem trazendo ótimos resultados para as mais variadas empresas? Vou então te contar nos próximos parágrafos como tudo isso funciona! Veja só:

Formas de se trabalhar com Marketing de Influência

Primeiro, vou te falar sobre as duas formas práticas acerca do marketing de influência. São, essencialmente, seguidos dois modelos já bem conhecidos dos profissionais de marketing.

Um deles é por meio da mídia paga, onde o influenciador é pago para realizar um trabalho específico de campanha, combinando com a marca as ações que irá realizar para promover o seu produto. Mais que um modelo comercial, o influenciador possui o diferencial do apego do público e do alinhamento com a visão de mundo do cliente. Tudo isso faz com que o seu cliente se identifique ainda mais com o seu produto, já que ele confia na opinião do influenciador.

Veja também: Digital Influencer para e-commerce vale a pena?

Outro meio de se praticar o marketing de influência é obter uma parceria com o seu influenciador. Neste caso não envolve dinheiro, mas uma troca de serviços entre o influenciador e a empresa. Isto é, o produto oferecido é de interesse do influenciador e as suas ações também serão interessantes para a empresa. Trata-se de uma troca justa para as duas partes.

E a comunicação do influencer?

Todas as duas práticas possuem suas origens na publicidade e nas relações públicas. Entretanto, apenas o relacionamento entre os envolvidos é diferente. Principalmente quando falamos sobre a mensagem a ser passada para o público.

Isso porque quem cria a comunicação é o influencer. Inovando a prática tradicional, o influenciador trará a ela a sua identidade, a sua linguagem, sem interferência da equipe de marketing da empresa. E, assim funciona, pois ele já construiu essa individualidade que também já é conhecida pelo público e deve ser mantida.

Dessa maneira, a relação com quem o assiste cresce e a mensagem é passada ao destino certo sem parecer invasiva. Naturalmente, eles conquistam a atenção do seu público ideal, diferente dos comerciais da TV e do rádio, que perderam a força por manter uma estrutura engessada e maçante.

Estatísticas relevantes

Em nosso país, é comum você encontrar influenciadores, principalmente no YouTube e no Instagram. Assim, pensar em influência digital é algo considerável, tendo em vista que de acordo com o World Atlas, o Brasil é o segundo país com contas registradas no YouTube, atingindo o número de 69,5 milhões de espectadores.

Da mesma forma acontece com o Instagram, segundo uma pesquisa da Statista. Somos o segundo país que mais usa o aplicativo, e de forma bem constante ao longo do dia. Por isso, aproveitar de quem tem grande poder de influência dentro desta ferramenta, com um grande número de seguidores, é uma ótima ideia de ser visto nesta plataforma.

Claro que é necessário pesquisar muito bem com quem o influenciador se comunica, como ele se apresenta, etc. Mas, estando de acordo com o seu nicho, com a sua visão de mundo e com o seu público-alvo, os resultados certamente poderão ser satisfatórios.

Quer mais dicas de marketing? Não deixe de entrar em contato que estarei à total disposição para falar com você!

Black Friday 2020: confira boas estratégias de marketing

Black Friday Online Sale

A Black Friday é um grande evento para aumentar o faturamento anual do comércio online. Confira algumas estratégias de marketing a seguir!

Prontos para a Black Friday? O evento acontece sempre em novembro, isto é, este é o momento para começar a criar as suas campanhas de marketing e todo o planejamento para esta data tão lucrativa para o varejo online.

Em tempos de pandemia e crise econômica, a expectativa para que esta data ajude a aumentar o volume do faturamento anual das empresas é consideravelmente alta. Ainda mais tendo em vista que, com o fechamento temporário de muitas lojas físicas, a tendência é que as compras online sejam ainda mais numerosas.

Sendo assim, como toda campanha de data comemorativa, é essencial se preparar para que tudo aconteça sem nenhum problema. Por isso, vou te mostrar nas próximas linhas como você pode turbinar suas vendas na Black Friday com a ajuda de excelentes estratégias de marketing digital. Acompanhe comigo!

Marketing Digital para a Black Friday

Selo Black Friday Legal

Uma coisa incrivelmente relevante na Black Friday, principalmente para os consumidores, é a veracidade das informações. O cliente reconhece quando as lojas oferecem descontos ilusórios e, se isso acontecer, pode acabar manchando a reputação da sua empresa.

Além de ser verdadeiro em seus descontos, uma alternativa para trazer mais confiança para os seus clientes é mostrar a todos o selo Black Friday Legal oferecido pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico.

Promova seus conteúdos

Sabemos que a concorrência nesta data é incrivelmente acirrada. Dessa forma, contar com a sorte de apenas publicar conteúdos esperando que seu cliente venha até você pode te dar apenas bons resultados.

Mas, para garantir resultados excelentes, é legal definir uma boa verba para as suas ações de marketing. Sem esquecer, é claro, de criar materiais condizentes à data e de ótima qualidade para fazer o investimento.

Pesquise

Pergunte aos seus clientes fiéis quais são as expectativas em relação à sua marca para a Black Friday. Lembrando que essa ação deve ser feita com bastante antecedência para você poder planejar tudo com segurança. Cerca de 30 dias antes já pode ser suficiente para conseguir falar com os fornecedores e organizar a sua logística.

Enviar e-mails para a sua base de contatos e até usar as perguntas no Stories do Instagram podem ser boas alternativas para realizar essa pesquisa.

Apareça

Comece a divulgar tudo o que você irá promover no evento. Instigue seus clientes a lembrarem de você na Black Friday. Uma boa estratégia é fazer vídeos apresentando os produtos, de uma maneira bem próxima. Mostre-se para sempre ser lembrado.

WhatsApp

Criar grupos no WhatsApp para oferecer aos participantes descontos especiais é uma incrível estratégia. Isso porque, depois da Black Friday, você poderá ter uma grande lista de contatos para enviar conteúdos pelas Listas de Transmissão.

Instigue a compra

Ofereça descontos progressivos, como “compre 2, leve 3” e outras estratégias semelhantes. Isso fará o volume de vendas aumentar exponencialmente.

Essa é uma incrível estratégia para conseguir mais clientes. Veja só: quando um cliente finalizar uma compra na semana da Black Week, forneça um cupom de desconto se ele compartilhar ou conseguir com que mais algum amigo compre na sua loja.

Além disso, pense também nas compras pós-Black Friday. Para isso, ofereça descontos para aqueles que finalizarem a compra e desejam comprar mais algum produto no mês seguinte, que, no caso, é o mês do Natal – outra data com alto volume de vendas.

Pagamento

Neste evento, as pessoas estão geralmente pensando em comprar produtos de alto valor para se beneficiar com os descontos. Porém, é necessário pensar que muitas precisam de flexibilidade para poder realizar o pagamento, principalmente com a crise econômica gerada pela pandemia.

Por isso, pensar em melhores condições de pagamento, como maior parcelamento, retirada dos juros, ou descontos maiores para quem pagar por boleto podem te garantir ainda mais clientes. Lembre-se de calcular tudo o que você pode oferecer com antecedência para não acabar gerando prejuízos.

Gostou dessas dicas incríveis que você pode usar para as suas ações para a Black Friday? Se precisa de mais alguma informação, ou ajuda em relação ao marketing digital para a sua empresa, é só entrar em contato comigo!