Marketing Digital: 4 erros que prejudicam a sua empresa

Sua marca pode ser destaque no mercado ou ser novata no ramo dos negócios. Porém, uma coisa é certa, sua empresa não deve utilizar a intuição ou realizar ações na Internet sem planejamento. Uma vez que, qualquer erro de posicionamento ou comunicação com o público online pode ser crucial para a sobrevivência da empresa. Para evitar esse tipo de erro, a solução é investir em Marketing Digital.

Com a intenção de trazer valor para as marcas, converter leads em clientes e manter o ritmo de vendas aquecido surge a estratégia de marketing. Mas, se a sua empresa não faz um planejamento de Marketing Digital baseado em pesquisas e métricas, seu negócio pode cometer erros significativos que prejudicam suas atividades e, consequentemente, te fazem perder tempo e dinheiro.

É neste artigo que você vai saber quais erros não podem ser cometidos ao elaborar a estratégia de Marketing Digital da sua empresa. Não perca!

O que não fazer ao elaborar a estratégia de Marketing Digital

A seguir, confira 4 erros cometidos na estratégia de Marketing Digital que atrapalham o sucesso da sua marca na Internet. Além disso, conheça dicas que vão te ajudar a não errar na comunicação com o cliente virtual.

Esquecer as métricas de performance

Sem dúvidas, é fundamental que você analise os impactos que as ações digitais trazem à sua empresa. Desse modo, não adianta executar ações e não acompanhar de perto os reflexos para a imagem do seu negócio.

Nesse sentido, as métricas de performance do Marketing Digital são os indicadores que acompanham o impacto dos seus conteúdos e campanhas nos veículos digitais. Isto é, proporcionam dados sobre as etapas da sua estratégia. Logo, fornecem informações para fortalecer o nome da empresa no mercado e alavancar as vendas.

Não planejar a estratégia de Marketing Digital

De fato, seus clientes podem estar em estágios diferentes do funil de vendas. Ou seja, alguns podem estar em fase de fidelização e outros em um processo de retenção. Por esse motivo, não é possível elaborar uma estratégia padrão que se encaixa a todos os seus clientes.

Desse modo, sua empresa precisa interagir e saber quais os objetivos e pretensões reais de cada cliente. Com isso, terá suporte para elaborar uma estratégia de marketing digital eficaz e individualizada. Além do mais, sua produção de conteúdo será mais direcionada e, como consequência, terá mais chances de criar empatia com o público-alvo. Em resumo, a sua estratégia de marketing deve ser personalizada e detalhada.

Não conectar as equipes de marketing e de vendas

Antes de tudo, o trabalho das duas equipes deve ser realizado em conjunto. Ou seja, o setor de marketing deve produzir material compatível com os desejos do cliente. Já o setor de vendas, por sua vez, deve manter a motivação de compra do cliente durante a negociação.

Em resumo, a equipe de vendas deve ser uma extensão da estratégia de marketing e não um setor isolado.

Não investir em pesquisa de campo

Com certeza, é fundamental conhecer todos os detalhes e particularidades da empresa. Ainda mais, buscar informações sobre clientes, fornecedores e concorrentes é obrigatório para elaborar a estratégia de marketing da sua empresa. Uma boa pesquisa de campo possui as seguintes etapas: observação de perfil, coleta de dados e análise de mercado.

Por fim, a pesquisa deve ser levada a sério na etapa de planejamento da estratégia de Marketing Digital pois é capaz de fornecer uma análise completa da área de atuação da sua empresa.

Conclusão

Com um mercado cada vez mais competitivo, um erro de posicionamento pode ser crucial para a sobrevivência da empresa. Por essa razão, é extremamente necessário investir em uma estratégia que traga resultados concretos.

Por fim, se você quer destacar sua marca no ambiente digital, agende uma consultoria comigo. Juntos vamos analisar sua área de atuação e planejar as melhores ações para alcançar o sucesso.

Fonte – Imagem: www.freepik.com

A importância do planejamento de marketing

planejamento de marketing

Você percebe que seu negócio não vai muito bem, as vendas não crescem e parece que você não tem a visibilidade que precisa? Talvez esteja faltando um ponto essencial para o sucesso do seu empreendimento: o planejamento de marketing.

No artigo de hoje, vou falar da importância desse planejamento para a sua empresa, além de algumas dicas essenciais para uma estratégia eficiente. Vamos lá?

O que é planejamento de marketing?

O planejamento é um conjunto de estratégias, fruto de muito estudo, para posicionar uma empresa no mercado, visando destacá-la perante a concorrência, além de conter um conjunto de ações para atingir o público alvo certo, com os produtos e serviços certos.

Qual a sua importância?

Como falei acima, o planejamento tem como objetivo posicionar e destacar a sua empresa no mercado. Mas de que formas isso acontece? Com estudo e pesquisa.

É a partir disso que é possível reconhecer pontos fortes, fraquezas, definir público-alvo, criar personas, analisar a concorrência, fazer benchmarks e coletar dados de mercado para perceber ameaças e identificar oportunidades.

Alguns exemplos de ações a partir do planejamento de marketing:

  • Escolher os melhores meios para as ações. Canais como redes sociais, e-mail marketing, site, blog, etc
  • Análise de métricas e resultados para elencar os erros e acertos
  • Posicionar a empresa no mercado, definindo objetivos e metas possíveis dentro de um determinado prazo
  • Coleta dados para entender melhor seu público-alvo (desejos, gostos, o que esperam do seu produto ou serviços, o que consideram antes de fechar um negócio, entre outros fatores)
  • Análise de ameaças (seja da concorrência, do próprio mercado, etc)
  • Identificar tendências e possibilidades

Alguns passos para um planejamento de marketing mais eficiente

Antes de tudo, é preciso compreender que esse planejamento não pode ser feito de qualquer forma. Esses estudos demandam tempo, paciência e muita seriedade. Portanto, prepare sua equipe para esse trabalho e elenque os principais tópicos a serem analisados: público-alvo, mercado, concorrência, pontos fortes e fraquezas.

Defina quem é o seu principal cliente: para quem eu estou vendendo ou oferecendo esse serviço? Quem se interessaria em fechar negócio comigo? Qual o perfil dessa pessoa?

A partir dessa primeira análise, é hora de investigar a concorrência. Veja quem são os seus concorrentes diretos, seus pontos fortes, suas estratégias, seus diferenciais e, a partir dessa coleta de dados, fica mais fácil saber o que fazer para atrair o mesmo público.

Depois de analisar o ambiente em que você está inserido, vamos aos meios de comunicação. Quais os canais ideais para você passar a sua mensagem e mostrar quem você é? Que tipo de comunicação você deve estabelecer nesses canais? Você é mais formal ou informal?Seu público é mais velho ou mais jovem?

Vejam, por mais simples que pareça, cada um desses pontos faz toda a diferença na hora de traçar uma estratégia. E é sempre bom lembrar que a estratégia pode não funcionar de forma imediata. Por isso sempre falo que um bom planejamento é feito por tentativas. Erros serão cometidos (mas nada tão grave que possa prejudicar a sua imagem, ok?) – um anuncia que não foi bem executado, uma publicação que não trouxe o engajamento necessário, entre outras possibilidades.

Por isso, não desanime! E conte comigo para a construção de uma estratégia de marketing eficiente. Entre em contato e vamos fazer a sua empresa crescer!

Saiba agora mesmo como criar um Plano de Marketing

Plano de Marketing HCC Hotel Specialist

Para que suas ações de marketing tenham sucesso, é necessário primeiro criar um bom Plano de Marketing. Aprenda comigo a seguir!

2021 está chegando e, com certeza, muitos novos projetos estão surgindo por aí. E, para que seu negócio já comece o ano gerando bons resultados, é imprescindível criar um Plano de Marketing que guiará as ações e campanhas durante os 12 meses seguintes .

Contudo, saber criar um Plano de Marketing que seja realmente eficiente é um dos maiores desafios para profissionais de fora da área. E, realmente, gerar resultados satisfatórios não é uma tarefa tão fácil assim para quem é leigo.

É necessário muito estudo para entender todas as etapas necessárias para desenvolver um Plano de Marketing bem estruturado. E, por isso, vou conversar com você um pouquinho a respeito neste meu novo artigo. Veja só:

Entendendo o seu negócio

Obviamente, entender do seu negócio para que ele dê certo é indispensável. E, para começar a criar o seu Plano de Marketing, é ainda mais importante. Sabe por quê?

Entendendo bem o que é a sua empresa, que produtos quer oferecer, quais serviços pode prestar, para quem e como, entre outros atributos, você consegue alinhar-se bem com a equipe de marketing para começar a criar o seu planejamento.

Exercícios tradicionais de Marketing, como delimitação dos 4Ps e Análise SWOT já evoluíram, mas continuam funcionando e ajudam muito quem está começando. Sem entender bem o perfil da sua empresa, produto e diferenciais, fica difícil ter um ponto de partida correto. Não queria, por exemplo, ir direto para um Plano de Comunicação Digital sem antes ter o mapeamento básico realizado. Não esqueça também de analisar a concorrência e o seu mercado, como um todo. Antes de se aprofundar em olhar para dentro, olhe também para o que está acontecendo à sua volta.

Em seguida, pense: qual o motivo que as pessoas escolhem meu produto? E mais: quem escolhe o meu produto? Sabendo responder estas perguntas significa que você conhece o seu público. E é sobre isso que vou te explicar a seguir.

Definindo seu público e Personas

Como disse anteriormente, entender do seu negócio é essencial para o Plano de Marketing. Isso porque, para partir para a segunda etapa, é fundamental que a primeira esteja bem consolidada em sua mente.

Conseguir determinar “o que é a sua empresa e para quem ela serve” ou, mais precisamente, ter o DNA do seu negócio bem definido facilita muito na hora de construir o planejamento. Dessa maneira, você já terá dado um grande passo para saber qual público você precisa atingir.

É importante detalhar exatamente quem é o seu público com a técnica da construção das Personas. Para isso, você precisa realizar uma pesquisa para conseguir detalhes minuciosos sobre quem seria seu cliente ideal. Assim você conseguirá delinear o seu Plano de Marketing com as ações que mais se encaixam com esse perfil.

Para criar suas Personas, você precisa perceber quais atributos seu público tem. Por exemplo:

  • seu comportamento;
  • hábitos de consumo;
  • dados demográficos como gênero e idade;
  • classe social;
  • dores e interesses;
  • entre outras informações relevantes.

Contudo, lembre-se que Persona e público-alvo são duas coisas diferentes. Para entender melhor, confira o artigo onde expliquei certinho quais são as suas diferenças, clicando aqui.

Traçando seus objetivos

Depois de já ter criado o DNA da sua empresa e ter definido claramente quem é o seu público-alvo, chegou a vez de estipular as metas que você deseja alcançar com a sua empresa.

Pense em quais são os seus objetivos e delimite seu número e seu prazo. Dessa forma, você conseguirá saber se os resultados ao final do processo foram realmente satisfatórios.

Lembre-se que cada empresa tem uma realidade diferente. Então, não queira comparar os resultados de um café com uma consultoria, por exemplo. Seu planejamento deve estar de acordo com a sua realidade, ok?

Construindo o Plano de Marketing

Agora é a hora de botar a mão na massa e criar o seu Plano de Marketing e as suas ações. Pense como uma grande escadaria, onde você precisa subir um degrau de cada vez para alcançar o seu objetivo.

Ponha “na ponta do lápis” quais ações serão realizadas e o que você espera delas em um determinado período. Cada ação é valiosíssima para alcançar resultados de sucesso.

No marketing digital, por exemplo, você poderá definir quantos artigos de blog serão construídos por mês, quanto será investido em mídias pagas, como será feito o seu fluxo de nutrição de e-mails marketing, como será a sua presença nas redes sociais, etc.

Criando um cronograma

Tendo tudo bem estruturado, é só construir um cronograma para acompanhar as suas ações. Um calendário de ações é algo fundamental para estipular um bom planejamento, mas, principalmente, para criar bons conteúdos.

Ter tudo bem definido e bem à vista para todos os integrantes da equipe facilita e muito no operacional das suas ações. Além disso, é importante seguir o máximo possível do calendário para que seu plano seja bem-sucedido.

Analisando e sempre melhorando

Esta talvez seja a parte mais importante de todo o processo. Afinal, é crucial analisar cada número alcançado para entender se aquelas ações se adequaram aos seus objetivos e se vale a pena repeti-las.

Depois da análise, o processo volta ao ponto de início, repensando e refazendo todas as ações planejadas anteriormente. Lembre-se que o marketing é um processo constante de planejamento, operação, análise e elaboração de melhorias.

Espero ter conseguido explicar como funciona a construção de um Plano de Marketing. Porém, se você precisa de uma ajuda profissional para isso, pode contar comigo! Basta entrar em contato, que estarei à disposição para te atender.

Imagem: Plano de Comunicação & Marketing 2019 Grupo Esalflores

Crédito imagem destacada (topo deste Artigo): Plano de Marketing 2021 HCC Hotels Specialist