Como criar Conexão com seus clientes?

Conexão com Clientes

Ao longo da minha carreira na Comunicação, uma das coisas em que eu mais insisto é o seguinte: trabalhar com redes sociais não termina quando publicamos um post.

O Marketing de Conteúdo vai exigir muito mais se a sua marca realmente desejar criar presença no mundo digital. Quem busca criar Conexão com seus clientes precisa usar todos os meios digitais ao seu favor. Venha comigo e descubra como fazer isso.

Atual cenário das redes sociais no Brasil

O atual cenário das redes sociais no Brasil é de ascensão, pois elas servem como canais de comunicação entre marcas e consumidores.Por um lado, o seu consumidor pode tirar dúvidas sobre o seu negócio e entender mais sobre o seu nicho. Por outro, serve como uma vitrine para que a sua marca possa mostrar o melhor ao seu consumidor.

Atendimento de qualidade em seus canais digitais é a garantia do sucesso

É importante lembrar também que o consumidor de hoje não aceita mais conversas unilaterais, por isso, é de extrema importância investir em um SAC de qualidade, capaz de responder de forma assertiva as dúvidas dos seus possíveis e-shoppers.

O SAC é um serviço essencial para o seu negócio, pois é a partir dele que as marcas aprendem a ouvir e a aceitar a opinião do mercado e dos clientes.

Além disso, é super importante saber aproveitar as oportunidades, pois comentários como “tenho dúvidas…” “preciso de ajuda…” “como faço para…” podem te dar a chance de responder sugerindo um conteúdo, serviço ou produto. Você ajuda o seu potencial cliente e ainda promove a sua marca.

Leia também: Entender a jornada de compra do cliente pode te ajudar a vender mais

Por que é importante ouvir o seu consumidor?

Seu consumidor pode sugerir ideias de ações e campanhas de como trabalhar a sua marca. É um olhar novo de uma pessoa que está realmente interessada em te ajudar. Saber ouvir é a garantia de sucesso.

De acordo com uma pesquisa publicada pela CEB Marketing Leadership Council, em 2015, para 79% dos consumidores, a conexão com a marca é um fator decisivo na hora da compra.

Ainda de acordo com dados da mesma pesquisa, 64% dos usuários que acreditam que a conexão é decisiva na hora de comprar algo, acabam pagando pelo produto ou serviço quando se conectam com a marca, por isso, é fundamental que a sua marca traga um atendimento humanizado e personalizado para cada um dos seus consumidores.

Quanto mais você ouve seus consumidores, melhor vão ser seus conteúdos, suas interações, seus relacionamentos, e, claro, as experiências de compra dos seus clientes. No meu ponto de vista, criar conexão com os clientes é essencial para mostrar ao consumidor que atrás de toda marca, há pessoas.

Criar Conexão com seus clientes é uma verdadeira arte

Para criar conexão e encantar seus clientes, além de saber ouvir, uma forma de criar conexão é através de conteúdos ricos que sanem, de forma genuína, as dúvidas destes grupos.

E lembre-se: todos os dias, oportunidades surgem do atendimento nas redes sociais e, por isso, é preciso ficar atento para encontrar formas de aproveitar essas interações e identificar formas de surpreender seu potencial cliente. Não perca a oportunidade, hein.

Mas você não precisa fazer tudo isso sozinho, se você deseja criar conexão com seus consumidores, você pode contar comigo. A Projetual, agência de comunicação que eu fundei, é especialista quando o  assunto é Marketing Digital e Branding, então se tiver qualquer dúvida, entre em contato comigo.

Inbound Marketing: o método certo para atrair novos clientes para o seu negócio

inbound_marketing

Se você está buscando atrair novos clientes, o Inbound Marketing é o método ideal para você.  Neste método, é o cliente quem procura o seu negócio e não o contrário. Normalmente, ele te procura para buscar uma solução para um problema e quando isso ocorrer, você deve estar preparado para ajudá-lo.

Já falei por aqui, de forma geral, sobre como dar visibilidade para a sua marca, mas hoje vou te apresentar um método totalmente focado no consumidor, o Inbound Marketing. Meu objetivo é te mostrar um pouco sobre cada uma das etapas desta estratégia, vem comigo?

O que é Inbound Marketing?

No Inbound Marketing, ou Marketing de Atração, a propaganda em massa é algo secundário, o objetivo deste método é ser encontrado pelo consumidor. Para tal, você não pode ter foco apenas em vender, você deve nutrir um relacionamento com seu possível cliente e, só depois disso, partir para uma estratégia de venda mais agressiva.

Neste método, o consumidor vem até a sua marca porque ele precisa de ajuda, e, essa comunicação entre você e seu possível e-shopper precisa ser bidirecional e objetiva. Se você tem públicos específicos, o Inbound Marketing é a escolha ideal para atrair novos clientes, pois você pode sanar dúvidas que nem sempre estão disponíveis na internet.

O Inbound Marketing, como o próprio nome sugere, precisa ser focado em atrair novos públicos. Para tal, conteúdo de qualidade é algo indispensável nesta estratégia. Para criar materiais ricos antes de tudo é preciso entender quem são seus públicos e formular persona(s) para que os conteúdos que você elaborar sejam, de fato, focados nas dores dela(s).

Funil de vendas no Inbound Marketing:

A jornada do seu possível cliente possui, no mínimo, três etapas: a) consciência do problema, b) considerações das melhores soluções para este problema e, por fim, c) a decisão de compra. Vou falar brevemente sobre cada uma delas:

Topo do Funil

Consciência do Problema: nesta etapa, a pessoa tem um problema e ela quer aprender mais sobre uma área. Ela percebe que há algo que a incomoda e, neste momento, ela está buscando saber mais sobre essa dor. Por isso, é papel do seu negócio ajudá-la, um blog com artigos semanais pode ser uma boa estratégia para isso.

Meio do Funil

Consideração das Soluções: Nesta fase, o cliente já sabe definir o que o incomoda e busca mapear as melhores soluções para resolver o problema. Ele começa analisar as alternativas para solucionar o problema. É dever da sua marca, no meu ponto de vista, ter um diferencial sobre a concorrência para que o seu negócio seja a melhor escolha para ele.

Fundo do Funil

Decisão de Compra: Este é o momento em que o seu potencial cliente já sabe exatamente do que se trata o seu problema e também já mapeou as melhores soluções para resolvê-lo. Nesta etapa, seu consumidor pode realizar uma compra com você ou não. Então, você deve conquistá-lo.

 A jornada do Inbound Marketing é um funil e, como em todo funil, pessoas se perdem ao longo do percurso. Isso não quer dizer que a sua estratégia tenha erros, mas sim que o seu negócio não era a escolha ideal para aquela pessoa naquele determinado momento e ela optou por seguir por outro caminho. Não deixe isso te desanimar, hein!

Como atrair novos clientes?

Atrair novos clientes exige esta conscientização, afinal, produzir conteúdos de qualidade, ter uma infraestrutura adequada, um sistema ágil e um SAC de qualidade são boas estratégias para conquistar novos públicos.

Em minha experiência no mercado publicitário, percebi que muitas vezes, os empreendedores investem em seus produtos e serviços de uma forma brilhante, mas esquecem o mais importante: mostrar isso aos clientes. Este é um erro gravíssimo, se você quer vender bem, deve mostrar todas as qualidades do seu negócio para a sua audiência.

Mas deixa eu te contar…

Nem sempre uma estratégia de Marketing Digital precisa usar Inbound e/ou Funil de Vendas. Funciona, muitas vezes, e para muitos tipos de estratégia. Mas quem acompanha meu trabalho sabe que Marketing é algo totalmente customizado e customizável: cada caso é um caso, e não acredito que receitas sempre funcionem.

Casos em que Funil de Vendas não é a resposta pra uma estratégia digital é o que eu te conto nesse vídeo:

Vídeo disponível no Canal da Projetual. Inscreva-se!

Quer auxílio para criar a sua estratégia de Marketing Digital? Entre em contato comigo. Posso te ajudar a formular estratégias de crescimento para a sua loja. Lembre-se: quem deseja sair na frente da concorrência precisa pensar um passo à frente dela.

Marketing de Relacionamento: entenda o essencial para fidelizar clientes

marketing_relacionamento

O objetivo do Marketing de Relacionamento é comunicar-se com o público certo, proporcionando experiências positivas para fidelizar o cliente. Saiba mais a seguir!

O que precisamos fazer para manter um relacionamento? Comunicar-se e ter alguém para ouvir é um exemplo básico de relação entre duas pessoas. Dessa forma, ao aplicar esse tipo de conexão entre marca e cliente, estamos trabalhando com Marketing de Relacionamento.

Sabe quando você se identifica com os produtos, mas principalmente com os princípios e visão de mundo que uma marca tem? Isso acontece porque algumas empresas de sucesso apostam fielmente na criação de experiências positivas para o seu público.

Isso envolve toda uma construção de marca, estratégias de fidelização, formação de autoridade em seu nicho e etc. Mas, para quê se dar o trabalho de fazer tudo isso? Será que vale mesmo a pena investir em Marketing de Relacionamento? Vamos conferir nas próximas linhas a resposta para estas perguntas:

Marketing de Relacionamento: o que isso significa?

Em poucas palavras, os principais objetivos da criação de estratégias de Marketing de Relacionamento são:

  • conquistar clientes novos;
  • manter aqueles já capturados; e
  • fazer com que eles adorem a sua marca!

Além disso, é interessante sempre produzir materiais para que a sua marca seja reconhecida como referência aos usuários. Para isso, você deve oferecer algo interessante o suficiente para o seu público perceber que você sabe do que está falando e para fazer a sua marca sempre ser lembrada por proporcionar boas experiências.

Como isso funciona?

O Marketing de Relacionamento é mais que capturar clientes. Estamos falando de técnicas para gerar pessoas que amem a sua marca! Para isso, é necessário sempre nutrir a comunicação, oferecendo oportunidades de se vivenciar algo prazeroso.

Como todo relacionamento, é necessário criar meios de dar continuidade à relação e de ir aumentando de nível à medida em que o tempo vai passando. Isso pode acontecer de variadas maneiras, porém sempre pensando em médio e longo prazo.

É uma forma de aproximar o seu cliente, fazendo com que ele obtenha as respostas que queria mais rápido do que imaginava, assim como a empresa que também terá um retorno instantâneo. Oferecendo informações antes mesmo de o usuário perguntar alguma coisa, a percepção que ele tem da sua marca atinge um nível mais satisfatório e as chances de ele comprar de você também aumentam significativamente.

Sem falar que se você realmente conquistou o coração de um cliente, as chances de ele contar para todos como foi legal comprar de você e como você proporciona experiências maravilhosas aumenta exponencialmente, não é mesmo? A “jogada” aqui é criar oportunidades para que o marketing de boca à boca também aconteça!

Influenciando a compra

Além de todas estas grandes vantagens apresentadas acima, é importante entender que trabalhar com Marketing de Relacionamento também pode ser um grande instrumento de influência na decisão de compra. Isto é, quando o cliente estiver decidido que comprará o produto “x”, a primeira marca que ele irá lembrar deve ser a sua!

Mantendo este contato constante com o seu público, é mais fácil de educar o cliente e ajudá-lo a perceber que o seu produto é exatamente o que ele estava procurando. Assim, a produção de conteúdo é um dos maiores aliados das estratégias de Marketing de Relacionamento.

Agora que você já sabe como é vantajoso aplicar técnicas de Marketing de Relacionamento para garantir mais lucros para a sua empresa, entre em contato que te direi como proporcionar experiências digitais maravilhosas ao seu público. Até mais!

03 Dicas para conquistar Clientes no LinkedIn

dicas_linkedin

Em um primeiro momento você pode pensar que o LinkedIn é mais uma daquelas redes sociais que não vingaram e sobrevivem de poucos usuários. Apesar de não aparecer na lista “top 5” de redes sociais mais usadas do mundo, o LinkedIn possui a fidelidade dos seus usuários e alta confiabilidade no nicho profissional, afinal, já são quase 20 anos no ar.

Mas há dados muito animadores que com certeza farão você pensar com carinho na rede social. Atualmente existem mais de 50 milhões de empresas cadastradas na plataforma. Outro dado curioso é que aproximadamente 92% de organizações da Fortune 500 estão no LinkedIn.

Com isso você pode observar que há um grande movimento de marcas e empresas apostando na rede social de negócios.  Isso significa que há muito potencial para conquistar clientes no LinkedIn, eu mesma já consegui fazer bons negócios! 🙂 E é sobre isso que eu vou falar na publicação de hoje.

Por que usar o LinkedIn?

Para que você possa entender melhor do que eu estou falando, resolvi apontar alguns fatores interessantes sobre a rede social, além dos que você já viu acima. Dessa vez, o foco está nos usuários, o que talvez ajude você na decisão de inserir sua marca na plataforma, olha só:

  • A companhia voltada para relacionamento profissional e negócios já ultrapassou a marca dos 690 milhões de usuários em todo o mundo.
  • Por trás da companhia há uma gigante da tecnologia: a Microsoft comprou o LinkedIn em 2016 pela singela quantia de US$ 26,2 bilhões.
  • Só no Brasil são mais de 43 milhões de pessoas utilizando a rede social
  • De acordo com uma pesquisa da Hubspot, o Linkedin pode ser até 277% mais eficaz na captação de leads do que Facebook ou Twitter

Deu pra sentir um pouco o poder da rede social de negócios? Com tanto potencial e estratégias que funcionam, sua empresa pode dar um grande passo na conquista de clientes no LinkedIn.  Então sem mais delongas, vamos às oportunidades!

Vem entender melhor a Rede Social Profissional!

DICAS PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES NO LINKEDIN

Crie e alimente uma Company Page

A company page nada mais é do que um perfil dedicado à empresas dentro da plataforma. Isso permite ao usuário diferenciar quando é uma pessoa física e quando é uma organização, bem semelhante ao que ocorre no Facebook com as páginas.

Criar uma company page é o primeiro passo para que você possa atrair mais clientes no LinkedIn, é lá onde você terá a oportunidade de exibir os seus produtos ou serviços e interagir com o público.

 Mas a página por si só não vai ser responsável pela conquista de novos públicos, cabendo a você a missão de alimentar de forma atrativa o conteúdo da página. Por isso, a dica é: não se limite apenas a textos! aproveite a oportunidade para compartilhar também:

  • e-books
  • podcasts
  • materiais exclusivos e gratuitos
  • ferramentas
  • enquetes
  • blogposts

Quanto mais diversificado e atrativo for a sua produção de conteúdo na company page, mais chance você tem de atrair seu público-alvo.

Showcase

Showcase page é a alternativa do LinkedIn para que a sua empresa possa focar em produtos, serviços ou marcas específicas para apresentar aos clientes, funcionando como uma vitrine. Isso é extremamente relevante para organizações que possuem em seu portfólio uma grande variedade de produtos.

Imagine uma grande companhia fabricante de chocolate, que em seu portfólio apresenta inúmeras marcas. Ficaria difícil conciliar todas as informações, divulgações e novidades apenas na Company Page, certo? Com isso, a organização pode optar em criar uma showcase page para a marca x, y ou z, onde os usuários poderão acompanhar as atualizações específicas, sem deixar de seguir a company page principal.

Dessa forma você consegue manter atrelado à sua organização diferentes públicos para diferentes perfis de produto. E aqui a dica é a mesma do tópico anterior: invista em conteúdo! Criar uma showcase e deixá-la abandonada pode ser um erro.

Saiba mais como usar as Showcase Pages no LinkedIn

Anúncios segmentados

Assim como as demais redes sociais, empresas também podem anunciar dentro do LinkedIn, em diferentes formatos. O valor costuma ser um pouco maior em relação ao Facebook ou Twitter, por exemplo, mas como você viu acima, as chances de capturar leads qualificados para o seu negócio são maiores.

E com os anúncios do LinkedIn você pode conquistar mais clientes, aumentar o número de visitas ao seu site ou simplesmente promover maior engajamento entre usuário e a sua marca, por exemplo. Os 3 principais tipos de anúncio são:

Text Ads: anúncios simples em formato de texto, como o nome sugere. Pode ou não acompanhar uma pequena imagem, como logo da empresa, por exemplo. São exibidos no banner superior ou na barra lateral direita do LinkedIn. Também aparecem em dispositivos móveis.

Sponsored Content: esses anúncios se assemelham aos do Facebook, onde a organização paga para que o conteúdo seja exibido no feed do usuário dentro da plataforma. Com isso, as chances são maiores de alguma interação. Também é mais dinâmico os formatos de anúncios, que podem ser imagem, link ou vídeo, por exemplo.

Sponsored InMail (Messaging): esse talvez seja o grande diferencial dos anúncios do LinkedIn. O anúncio sponsored messaging permite que a marca envie seus conteúdos diretamente na caixa de entrada dos usuários, em formato de mensagem. Elas possuem uma grande taxa de abertura e podem funcionar muito mais para conquistar novos clientes.

Novidade de abril de 2020, primeiro no Brasil: LinkedIn Stories

Viu só? Com algumas dicas rápidas e simples você consegue estruturar uma boa administração da sua marca dentro dessa poderosa rede de negócios. Continue acompanhando o blog para mais dicas, notícias e curiosidades.