Marketing de Influência: por que apostar em influenciadores é essencial?

marketing de influencia

Apostar em Marketing de Influência hoje em dia é uma das mais proveitosas das estratégias de marketing. Confira o porquê!

Provavelmente você acompanha ou, pelo menos, já ouviu falar de algum influenciador digital, não é mesmo? E de marketing de influência, você já ouviu falar? Bem, trata-se de uma estratégia bastante comum nos últimos anos, tendo como foco a influência sobre a decisão do cliente.

Para isso, buscam-se pessoas capazes de influenciar clientes em potencial a favor da sua marca, despertando a confiança do público. Além disso, eles também agregam à imagem da marca aos olhos dos clientes.

Quer saber um pouco mais sobre essa estratégia que vem trazendo ótimos resultados para as mais variadas empresas? Vou então te contar nos próximos parágrafos como tudo isso funciona! Veja só:

Formas de se trabalhar com Marketing de Influência

Primeiro, vou te falar sobre as duas formas práticas acerca do marketing de influência. São, essencialmente, seguidos dois modelos já bem conhecidos dos profissionais de marketing.

Um deles é por meio da mídia paga, onde o influenciador é pago para realizar um trabalho específico de campanha, combinando com a marca as ações que irá realizar para promover o seu produto. Mais que um modelo comercial, o influenciador possui o diferencial do apego do público e do alinhamento com a visão de mundo do cliente. Tudo isso faz com que o seu cliente se identifique ainda mais com o seu produto, já que ele confia na opinião do influenciador.

Veja também: Digital Influencer para e-commerce vale a pena?

Outro meio de se praticar o marketing de influência é obter uma parceria com o seu influenciador. Neste caso não envolve dinheiro, mas uma troca de serviços entre o influenciador e a empresa. Isto é, o produto oferecido é de interesse do influenciador e as suas ações também serão interessantes para a empresa. Trata-se de uma troca justa para as duas partes.

E a comunicação do influencer?

Todas as duas práticas possuem suas origens na publicidade e nas relações públicas. Entretanto, apenas o relacionamento entre os envolvidos é diferente. Principalmente quando falamos sobre a mensagem a ser passada para o público.

Isso porque quem cria a comunicação é o influencer. Inovando a prática tradicional, o influenciador trará a ela a sua identidade, a sua linguagem, sem interferência da equipe de marketing da empresa. E, assim funciona, pois ele já construiu essa individualidade que também já é conhecida pelo público e deve ser mantida.

Dessa maneira, a relação com quem o assiste cresce e a mensagem é passada ao destino certo sem parecer invasiva. Naturalmente, eles conquistam a atenção do seu público ideal, diferente dos comerciais da TV e do rádio, que perderam a força por manter uma estrutura engessada e maçante.

Estatísticas relevantes

Em nosso país, é comum você encontrar influenciadores, principalmente no YouTube e no Instagram. Assim, pensar em influência digital é algo considerável, tendo em vista que de acordo com o World Atlas, o Brasil é o segundo país com contas registradas no YouTube, atingindo o número de 69,5 milhões de espectadores.

Da mesma forma acontece com o Instagram, segundo uma pesquisa da Statista. Somos o segundo país que mais usa o aplicativo, e de forma bem constante ao longo do dia. Por isso, aproveitar de quem tem grande poder de influência dentro desta ferramenta, com um grande número de seguidores, é uma ótima ideia de ser visto nesta plataforma.

Claro que é necessário pesquisar muito bem com quem o influenciador se comunica, como ele se apresenta, etc. Mas, estando de acordo com o seu nicho, com a sua visão de mundo e com o seu público-alvo, os resultados certamente poderão ser satisfatórios.

Quer mais dicas de marketing? Não deixe de entrar em contato que estarei à total disposição para falar com você!